Foto: Tatiane Bispo

Observadores de aves do Vale do Aço participam de evento mundial

Publicado em 5 de outubro de 2018

Observadores de aves de todo o Brasil estarão neste sábado, dia 6, empenhados em participar do  Global Big Day, evento mundial com o objetivo de catalogar o maior número possível de aves num intervalo de 24 horas. Para se ter uma ideia da dimensão do evento na comunidade de observadores, no dia 5 de maio, durante o Global Big Day, 28 mil pessoas se aventuraram por 170 países, encontrando 6.899 espécies: 2/3 de todas as espécies do mundo, em um único dia.
 
Na região do Vale do Aço será a primeira vez que uma atividade organizada será promovida por um receptivo turístico e contará com a participação de 4 guias e 14 observadores de aves da região, promovendo um intercâmbio de experiências entre os novos adeptos do hobby e com expectativa de registro de um grande número de aves.
 
A “passarinhada”, como são conhecidas as saídas para observar aves, será realizada em pontos diferentes da região, como Parque Ipanema, Córrego do Limeira (Santana do Paraíso) e Mata Ciliar do Rio Piracicaba (Bairro Cariru). O objetivo é listar o maior número possível de espécies vistas ou ouvidas e catalogá-las no e-Bird, site referência mundial em observação de aves. Todas as listas postadas no dia serão processadas, ajuntadas e rankeadas. 
 
O e-Bird transforma a paixão da comunidade global de observadores de aves em dados essenciais para pesquisa, conservação e educação. Através do desenvolvimento de ferramentas que engajam a comunidade dos observadores, o eBird reúne volumes sem precedentes de informações sobre onde e quando as aves ocorrem no mundo. Meio bilhão de observações já foram contribuídas até agora. O eBird coleta listas completas, dados, fornecendo informações o ano todo sobre todas as espécies em altas resoluções espaciais e temporais.
 
Quando combinadas e analisadas apropriadamente, esses dados permitem a criação de modelos de distribuição de próxima geração  que fornecem informações sobre o ciclo de vida completo de aves em uma escala relativamente precisa sobre amplas extensões espaciais e temporais. Os resultados desses modelos informam novas ações de conservação, desde informações sobre a ocorrência e abundância de algum lugar específico, até a busca de padrões de abundância de espécies ao longo de uma rota migratória que percorre um continente inteiro.
 
Os dados do eBird contribuem com centenas de decisões de conservação e periódicos, milhares de projetos de estudantes, e ajuda a informar pesquisas no mundo todo. A aplicação vai desde pesquisas ecológicas e ornitológicas, até o avanço na pesquisa nos campos da socioeconomia, inteligência artificial, e ciência da computação. Graças às contribuições dos eBirders, esse crescente banco de dados se tornou um recurso de informações de aves sem paralelo. 
 
No último evento, observadores de aves de todo Brasil enviaram 801 listas contendo 1036 espécies diferentes de aves ficando em quarto lugar no ranking mundial, atrás apenas de Colômbia, Peru e Equador. 
 
Com o evento desse sábado, existe a previsão de superação desse auge anterior, não apenas pela quantidade de observadores envolvidos, mas também pelo fato do evento ser realizado na primavera e coincidir com o período de maior atividade das aves em nosso país.

Galeria de imagens


content:
sidebar:
Widget: Facebook 7:

Facebook