Circuito Turístico Mata Atlântica de Minas
Os queijos de minas já romperam as fronteiras do país ganhando destaque pelo mundo. Foto: Divulgação Emater

+ Gastronomia deve receber R$ 50 milhões

Publicado em 5 de julho de 2018

Mais de R$ 50 milhões devem ser aplicados pela CODEMGE (Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais), em projetos do programa Minas de Todas as Artes, que tem na gastronomia um de seus carros-chefes. Além dos eventos para a degustação e divulgação de iguarias e pratos típicos, o governo mineiro, também, direciona esforços para reforçar a pesquisa e o desenvolvimento de produtos de qualidade, como o azeite extra virgem produzido no Sul do Estado com tecnologia da EPAMIG (Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais).

Alguns produtos mineiros já são reconhecidos, inclusive, internacionalmente. No caso do café, Minas tem mais de 1,2 mil propriedades certificadas, possibilitando ao grão produzido no Estado, tradicionalmente presente em feiras e eventos em diferentes países, conquistar também os principais concursos da área realizados no mundo.

No ramo dos queijos, Minas conquistou 11 prêmios no Salão Internacional da França no ano passado, se destacando entre mais de 700 produtores de 20 países.  Outras iguarias e bebidas feitas em Minas também têm destaque internacional. Da cachaça e vinho aos doces de frutas e leite, passando ainda pelo pão de queijo, geleias e receitas típicas da culinária mineira, produtos da gastronomia do Estado já foram expostos – e degustados –em feiras e eventos internacionais realizados em diferentes continentes, todos por meio de missões promovidas pela Agência de Promoção de Investimento e Comércio Exterior de Minas.

Se você deseja obter algumas receitas da gastronomia tradicional mineira acesse o site:

https://www.receiteria.com.br/receitas-de-comidas-mineiras/ 

content:
sidebar:
Widget: Facebook 7:

Facebook