Municípios participam de oficina de treinamento e capacitação

Publicado em 6 de Abril de 2019

Representantes dos municípios filiados participaram na última sexta-feira (5) da Oficina “Atualização do Mapa do Turismo Brasileiro”, promovida pelo Circuito Mata Atlântica de Minas (CTMAM). A palestra, proferida pela vice-presidente do CTMAM, a turismóloga Cidinha Sampaio, teve lugar no Centro Integrado de Turismo e Cultura da Prefeitura de Fabriciano. Abrindo os trabalhos, o presidente do CTMAM, Hélio Anício, destacou a importância da oficina: “A participação de vocês é fundamental, principalmente, em razão da atualização do Mapa do Turismo, cujo prazo se encerra em julho e só é reaberto novamente daqui a dois anos, sendo que, estar nele, é hoje um dos principais critérios para o repasse de verbas federais”, explicou. Anfitrião do evento, o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Coronel Fabriciano, Homero Quinete, felicitou os presentes, destacando a importância da união de todos para que o setor cresça na região.

O Mapa é hoje o principal instrumento de convergência das ações capitaneadas pelo Mtur em parceria com estados e municípios. Ele é um modelo participativo de gestão e desenvolvimento, que observa características peculiares de demanda de cada cidade. Esse olhar permite que cada destino lapide suas vocações para o setor. Atualmente, os estados, em parceria com os municípios, têm autonomia para definição das regiões turísticas, excluindo ou incluindo destinos. Dentro deste Mapa, cada cidade é classificada em cinco categorias (A, B, C, D e E), considerando quatro variáveis objetivas: ocupações formais no setor de hospedagem, estabelecimentos formais no setor de hospedagem, estimativa do fluxo turístico doméstico e estimativa do fluxo turístico internacional.

Entre os critérios exigidos dos municípios para a participação no Mapa de Regionalização do Ministério do Turismo estão: ter uma secretaria de turismo, uma gerência ou coordenadoria; dotação orçamentária destinada ao setor; ter Conselho Municipal de Turismo; e ser filiado a um circuito turístico, que em Minas tem o status de instância de governança regional que visa organizar, desenvolver e consolidar a atividade turística de forma sustentável e descentralizada, com a participação da sociedade civil, sob a tutela da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo. Atualmente, o quadro de associados ao CTMAM conta com os seguintes municípios: Açucena, Antônio Dias, Belo Oriente, Coronel Fabriciano, Dionísio, Ipaba, Ipatinga, Marliéria, Santana do Paraíso, São Domingos do Prata e Timóteo. Outros tês municípios: Bom Jesus do Galho, Dom Cavati e Iapu estão em processo de filiação.


Galeria de imagens


content:
sidebar:
Widget: Facebook 7:

Facebook